17 julho 2018, terça-feira
Principal / Ecorecreio / Grumari, paraíso ecológico

Grumari, paraíso ecológico

Prainha e Grumari são áreas de proteção ambientais, APAs. As APAs foram criadas para preservar o belo patrimônio ambiental e defendê-lo da ocupação desenfreada.

Essa áreas, além de gerarem evidentes benefícios ambientais, Têm ou exercem relevante função social por oferecerem recreação, lazer e, principalmente, oportunidades de emprego e renda.

O nome Grumari, que vem do indígena “CURU” (seixos, pedras soltas) e “MARI” (que produz água) que, também é o nome de uma árvore encontrada nas encostas da região.

Cercada pelas serras do Grumari, de Guaratiba e de Piabas, é a última área natural e preservada do litoral carioca.

Essas áreas constituem o Parque Natural Municipal do Grumari, tombado pelo Estado em 1985, e pelo Município, em 1986. Praticamente isolada, seu acesso se dava pela estrada velha de Grumari, sinuosa e estreita, vinda de Guaratiba ou pela trilha colonial na Serra de Piabas. Na década de 1970, foi aberta a Avenida Estado da Guanabara, ligando o bairro ao Recreio dos Bandeirantes.

Em Grumari há, também, a Praia do Abricó, para os adeptos do naturismo, e a Prainha, tombada, em 1989, como Área de Preservação Ambiental – APA – freqüentada por surfistas.

Texto / Fotos: Gustavo Chiavegatto

Ajude a manter as praia limpas

Não leve animais para as praias

Cuidado para não provocar um incêndio

Não estacione nas áreas de vegetação

Veja mais

Jacarepaguá recebe 5ª edição da Feira de Empreendedores Sustentáveis

Evento homenageia mês do meio ambiente.